quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Retrospectiva 2015 - No Topo da Estante

E pra fechar com chave de outro 2015 - O último post é dedicado aos melhores livros que li esse ano. Sem delongas e em ordem alfabética, os vencedores foram:

Drama: Sr. Daniels

Título Original: Loving Mr. Daniels
Editora: Grupo Record
Autor: Brittainy C. Cherry
Sinopse: Um amor proibido no melhor estilo de Romeu e Julieta. Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings é enviada pela mãe descompensada para a casa do pai, com quem mal conviveu até então. Devastada, Ashlyn viaja de trem para Edgewood carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação, Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil. A atração é imediata, e, depois de um encontro romântico, os dois descobrem que compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare, mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. O único problema é que, quando Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor, descobre que Daniel é o Sr. Daniels, seu professor de inglês, com quem não pode de jeito algum ter um relacionamento amoroso. Desorientados, os dois precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, ainda precisam tentar de todas as formas superar problemas do passado e sobreviver a alguns conflitos inesperados e dramáticos que a vida apresenta – e que poderiam separá-los para sempre.
Resenha AQUI.



Fantasia: Fallen

Título Original: Fallen
Editora: Galera Record
Autor: Lauren Kate
Sinopse: Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no reformatório. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso - que provocou a morte de seu namorado - levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder — uma verdade que poderia matá-la. Algo que, em suas vidas passadas, Daniel não conseguiu evitar. Excitante, sombrio e romântico Fallen é, ao mesmo tempo, um thriller vigoroso e uma inesquecível história de amor.
Resenha AQUI!


New Adult: A Flor da Pele

Título Original: Clipped Wings
Editora: Suma de Letras
Autor: Helena Hunting
Sinopse: No primeiro volume da série À flor da pele, dois jovens traumatizados encontram o amor em uma relação que desperta sensações à flor da pele.
Tudo na tímida Tenley Page intriga o tatuador Hayden Stryker de um modo que ninguém jamais conseguiu: do cabelo longo e esvoaçante com aroma de baunilha até a curva suave do quadril... E o interesse dele só aumenta quando ela pede que ele tatue um desenho incomum em suas costas. Com seu jeito durão, Hayden é tudo que Tenley nunca se atreveu a desejar. A química entre os dois é instantânea e desperta nela o desejo de explorar o corpo escultural que há por baixo de tantas tatuagens. Traumatizada por um passado trágico, Tenley vê em Hayden a chance de um recomeço. No entanto, o que ela não sabe é que ele também tem segredos que o impedem de manter um relacionamento por muito tempo. Quando os dois mergulham em uma relação excitante e enfim passam a confiar um no outro, lembranças e problemas batem à porta — e talvez nem mesmo a paixão entre eles seja capaz de fazê-los superar seus traumas.
Resenha AQUI.


Outros: Comer, Rezar, Amar
Título Original: Eat, Pray, Love
Editora: Objetiva
Autor: Elizabeth Gilbert
Sinopse: O prazer mundano, a devoção religiosa e os verdadeiros desejos.
Elizabeth Gilbert estava com quase trinta anos e tinha tudo o que qualquer mulher poderia querer: um marido apaixonado, uma casa espaçosa que acabara de comprar, o projeto de ter filhos e uma carreira de sucesso. Mas em vez de sentir-se feliz e realizada, sentia-se confusa, triste e em pânico.
Enfrentou um divórcio, uma depressão debilitante e outro amor fracassado. Até que decidiu tomar uma decisão radical: livrou-se de todos os bens materiais, demitiu-se do emprego, e partiu para uma viagem de um ano pelo mundo – sozinha. 'Comer, Rezar, Amar' é a envolvente crônica desse ano. O objetivo de Gilbert era visitar três lugares onde pudesse examinar aspectos de sua própria natureza, tendo como cenário uma cultura que, tradicionalmente, fosse especialista em cada um deles. 'Assim, quis explorar a arte do prazer na Itália, a arte da devoção na Índia, e, na Indonésia, a arte de equilibrar as duas coisas', explica.
Em Roma, estudou gastronomia, aprendeu a falar italiano e engordou os onze quilos mais felizes de sua vida. Na Índia dedicou-se à exploração espiritual e, com a ajuda de uma guru indiana e de um caubói texano surpreendentemente sábio, viajou durante quatro meses. Já em Bali, exercitou o equilíbrio entre o prazer mundano e a transcendência divina. Tornou-se discípula de um velho xamã, e também se apaixonou da melhor maneira possível: inesperadamente.
Escrito com ironia, humor e inteligência, o best seller de Elizabeth Gilbert é um relato sobre a importância de assumir a responsabilidade pelo próprio contentamento e parar de viver conforme os ideais da sociedade. É um livro para qualquer um que já tenha se sentido perdido, ou pensado que deveria existir um caminho diferente, e melhor.
Aclamado pelo The New York Times como um dos 100 livros notáveis de 2006 e escolhido pela Entertainment Weekly uma das melhores obras de não-ficção do ano, 'Comer, Rezar, Amar' originou o roteiro do filme homônimo.
Resenha AQUI!


Romance: Perdida - Um Amor Que Ultrapassa as Barreias do Tempo


Título Original: Perdida - Um Amor Que Ultrapassa Barreiras
Editora: Verus
Autor: Carina Rissi
Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.
Resenha AQUI.


Suspense: Caixa de Pássaros

Título Original: Bird Box
Editora: Intrínseca
Autor: Josh Malerman
Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, “Caixa de Pássaros” é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler.Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.
Resenha AQUI.


Young Adult: Quem É Você Alasca?

Título Original: Looking For Alaska
Editora: Jhon Green
Autor: Martins Fontes
Sinopse: Primeira cerveja. Primeiro trote. Primeiro amigo. Primeiro amor. Últimas palavras.Vencedor do Printz Award, da American Library Association, e estreia de John Green como uma das vozes mais cativantes e inovadoras da ficção contemporânea, 'Quem é você, Alasca? ' retrata brilhantemente o impacto indelével que uma vida pode exercer sobre outra.
Miles Halter estava em busca de um Grande Talvez. Alasca Young queria saber como sair do labirinto. Suas vidas se colidiram na Escola Culver Creek, e nada nunca mais foi o mesmo.
Mas antes, um breve resumo de como tudo aconteceu:
Miles Halter vivia uma vidinha sem graça e sem muitas emoções (ou amizades) na Flórida. Ele tinha um gosto peculiar: memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história. Uma dessas personalidades, François Rabelais, um escritor do século XV, disse no leito de morte que ia em “busca de um Grande Talvez”. Para não ter que esperar a morte para encontrar seu Grande Talvez, Miles decide fazer as malas e partir. Ele vai para a Escola Culver Creek, um internato no ensolarado Alabama.
Lá, ele conhece Alasca Young. Ela tem em seu livro preferido, O general em seu labirinto, de Gabriel García Márquez, a pergunta para a qual busca incessantemente uma resposta: “Como vou sair desse labirinto?” Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez. Miles se apaixona por Alasca, mesmo sem entendê-la, mesmo tentando sem sucesso decifrar o enigma indecifrável de seus olhos verde-esmeralda.
Resenha AQUI.

Foi muito difícil escolher apenas um de cada categoria, principalmente New Adul, o gênero que mais li. 

Me contem quais foram os seus preferidos de cada categoria?
Beijos,
Bru =)

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Caixa de Pássaros

Título: Caixa de Pássaros
Gênero: Suspense - Pré Apocalíptico


Título Original: Bird Box
Editora: Intrínseca
Autor: Josh Malerman
Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, “Caixa de Pássaros” é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler.Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.


O livro é narrado na terceira pessoa, e tem também diálogos do personagens. Os capítulos são aleatórios e narram hora fatos atuais, hora acontecimentos passado que levaram as circunstância do momento. Isso tudo muito, mas muito bem entrelaçado e claro.
O livro gira em torno principalmente de Malorie e seus 2 filhos. O enredo é articulado acerca de um fim apocaliptístico misterioso; não se tem informações sobre as causas do comportamentos auto e heteroagressivos que terminam sempre em morte, diante dessa situação a reclusão total tornou-se a única esperança.

Já não se sabe mais o número de sobreviventes, nem se ainda há algum além de Malorie e seus filhos, uma vez que, após anos, os meios de comunicação se deterioraram. Em uma sinuca de bico entre manter-se na "segurança" do território conhecido e a esperança de um paraíso para sobreviventes -Malorie opta pela segunda opção.


Sobre o livro: primeiro realmente ele é o tipo de suspense que te dá medo, e olha que só algo assim me dá medo: o desconhecido, o que não se pode conhecer, sabe?! O enredo é perfeitamente escrito, as pausas nos picos de suspense, revelações e decisões são as ápices desse livro. O emaranhado de informações são claro e objetivos, não nos confunde, os personagens apresentam personalidades impares, sem linha tênue.
Mas não posso deixar de falar de uma parte que me chamou muito a atenção; Quis morrer com o treinamento de controle coercivo, com uso de punição que Malorie submetia seus filhos, desumano é pouco, e a original caixa de Skinner pode ser considerada mel na chupeta se comparado ao que a maluca da mãe fazia. E não me venha com esse papinho de que era a única opção que ela tinha diante das contingências as quais estava exposta, por favor, me poupe.
No mais o livro é excelente, um dos melhores do gênero que li até hoje.

Quem leu, o que achou? Preciso que me contem ahuhuah.
Super Beijo, Bru
=)



sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Fallen - Livro 1

Título: Fallen - Livro 1
Gênero: Fantasia


Título Original: Fallen
Editora: Galera Record
Autor: Lauren Kate
Sinopse: Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no reformatório. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso - que provocou a morte de seu namorado - levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder — uma verdade que poderia matá-la. Algo que, em suas vidas passadas, Daniel não conseguiu evitar. Excitante, sombrio e romântico Fallen é, ao mesmo tempo, um thriller vigoroso e uma inesquecível história de amor.


O livro é narrado na terceira pessoa, com diálogos dos personagens. Luce é uma garota que passou por uma grande perda, além de ser acusada pelo o que aconteceu com seu "namorado". Vive com medo e em estado de alerta, temendo que o episódio que a fez perder, não somente o namorado, mas também os amigos e até mesmo a liberdade aconteça novamente. Estudando agora em um reformatório, Luce, sente que essa é sua última chance na vida de fazer as coisas darem certo, mas as sombras do passado voltam a aterrorizá-la, e mesmo vivendo novamente esse pesadelo, ela não consegue e nem quer evitar a atração inexplicável que sente pelo enigmático Daniel.



Daniel protege um grande segredo, não apenas sobre si, mas sobre as histórias da vida passada de Luce, e ele sabe que o melhor a fazer é evitar que ela tenha acesso a esses segredos, pois isso pode matá-la. Mas parece que algo dessa vez mudou, e que Luce conta com algum tipo de blindagem o que fez ela alcançar outros níveis de conhecimento sobre si mesma e Daniel.
O romance é rodeado de mistérios, mas também tem momentos divertidos, típicos de adolescentes, nesse caso muito mais problemáticos. O romance lembra bastante o enredo da Saga Crepúsculo. Mas não existem vampiros, mas algo tão surpreendem e equivalente quanto (não vou dar spoilers, apesar de não se tratar de um lançamento). Gostei bastante do romance jovial, e da fantasia envolvida. Quero muito terminar a série, aliás quero a série toda, porque esse emprestei da minha amiga rs. (Valeu Gabiiii)

Quem já leu?
O que acharam?

Beijos, Bru
=)

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Mad Max: Estrada da Fúria - Max continua sua jornada de forma esplendida em novo filme, mas desta vez conta com grande ajuda



Quando foi anunciado um novo filme da franquia Mad Max (não sei bem quando, já que faz 15 anos que George Miller esta comentando sobre esse novo filme), muitos começaram com o desdenho, já que a trilogia estrelado por Mel Gibson era cultuada e intocável e ainda é nos dias de hoje. Muitos diziam não haver mais espaço para as historias com o personagem "Mad" Max Rockatansky, coisa que vamos tratar mais abaixo. Depois de muitos atrasos nas filmagens por vários motivos como mudanças de locação, discussão com a Namíbia (país onde foi gravado boa parte do filme, outra parte foi gravado na Austrália) eles alegavam que a produção estaria danificando os patrimônios do país, o valor muito alto das filmagens, algo em torno de US$ 180 milhões, uns dizem que chega a 200 milhões de dólares, desentendimento entre Tom Hardy (Mad Max) e Charlize Theron (Imperatriz Furiosa), enfim, o filme estava com todos os indícios que não conseguiria nada de grandioso. Logo de inicio temos uma das melhores sequencias do ano até então (se não a melhor) no quesito ação, a qualidade visual que o filme mostra é absurda, carros envenenados e se despedaçando no ar, a historia se desenrolando no em meio a explosões e tempestade de areia, só por essa sequencia inicial já valeu e muito a pena o filme.
O filme mostra o mundo pós apocalíptico comandado por instituições que tem certos controles no mundo, Immortan Joe (Hugh Keays Byrne - que;também trabalhou no filme de 1979) por exemplo "cuida" de uma represa de água. O filme mostra também uma religião(?) formada através da idolatria por veículos, onde os seguidores de Immortan Joe se sacrificam para um bem maior.A atuação de Tom Hardy ficou extremamente apática frente as outras já feitas pelos ator, parecia estar no piloto automático talvez, muito também pela boa atuação de Charlize Theron que com certeza roubou a cena como a Imperatriz Furiosa, personagem forte, destemida e afim de lutar pelos ideais que acredita, vale destacar também mais duas atuações, Nicholas Hoult (Skins) como um Nux, um seguidor de Immortan Joe, que acaba se identificando com as ideias da Furiosa, e também a atuação da Rosie Huntington-Whiteley (Transformers 3 - O lado escuro da lua) como uma das esposas de Immortan Joe.
Com o tem de filme rolando, percebe-se a dificuldade que o filme encontra em se manter no mesmo ritmo da primeira parte, muito se dá pelas dificuldades já descritas acima, mas que não chegam a sem um problema ou atrapalha o desenrolar e o divertimento que filme propõe, que continua com perseguições alucinantes pelo deserto. George Miller acertou em cheio ao deixar de usar CGI e Chroma Key na confecção do deserto e dos carros tornando a experiencia muito mais realista e bonita aos olhos. O filme mostra que apesar das dificuldades encontradas (que não foram poucas) é sim possível fazer um filme que agrade todos os públicos, tanto os fãs antigos, como os novos telespectadores, que pode ser tratado independente da trilogia original, pegando apenas alguns elementos.Com certeza é merecido a indicação ao globo de ouro como melhor filme de 2015. Para finalizar vou deixar minha homenagem, uma frase que já virou clássica nesse novo filme "Eu vivo, eu morro, eu vivo de novo", com certeza viveria de novo pra ver esse filme mais um vez (kkkk).

Comentem o que vocês acharam do filme, e vamos discutir pessoal

^^)

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Resenha: Belo Sacrifício

Título: Belo Sacrifício - Irmãos Maddox 3
Gênero: New Adult.



Título Original: Beautiful Sacrifice .
Editora: Verus Editora
Autor: Jamie McGuire.
Sinopse: Falyn Fairchild pode fugir de qualquer coisa. Depois de ter deixado seu carro, educação e até mesmo seus pais, a filha do próximo governador do Colorado está de volta em sua cidade, sem dinheiro e servindo mesas no Bucksaw Café. Após cada turno, Falyn enche sua caixa de sapato, esperando um dia ter dinheiro suficiente para comprar uma passagem para o único lugar que ela pode encontrar perdão: Eakins, Illinois. No momento que Taylor Maddox senta na seção de Falyn no Bucksaw, ela sabe que vai ter problemas. Taylor é charmoso, sedutor e lindo mesmo coberto de sujeira - fazendo dele tudo o que Falyn acredita que um bombeiro é. Falyn não está interessada em se tornar mais uma estatística, e para um garoto Maddox, uma garota desinteressada é um verdadeiro desafio. Quando Falyn descobre qual lugar Taylor chama de lar, tudo muda. No fim, a persistência do Maddox bate contra o talento de Falyn de fugir. E pela primeira vez, Taylor pode ser aquele a se queimar.

Bom, quem me conhece sabe o amor condicionado que tenho pelos Irmãos Maddox! Por isso foi um imenso prazer conhecer Taylor Maddox (não vou descreve-lo, vou dizer apenas que a genética Maddox o faz tão irresístivel quanto qualquer outro garoto Maddox).
O livro é narrado por Falyn, ex-menina rica que fez voto de pobreza e se rebelou contra os pais, e foi trabalhar em um café lotado de turistas em sua cidade, depois de abandonar a faculdade de medicina, claro que não é só isso a história dela. Impressão minha mas os Maddox curtem essa onda de garotas que tem grande e sérios desafetos familiares? Espero que Tyler fuja dessa estatística, um pouco cansada desse drama familiar. Falyn tem segredos e talvez pela primeira vez um Maddox pode se ferrar bem bonito nas mãos de uma mulher.


Acontece que os segredos de Falyn não assutam Taylor, que permanece inabalável nessa conquista, mas outros motivos podem fazê-lo pensar melhor. E quanto as coisas começam a se acertar: POW! uma bomba na felicidade de casal ameaça não somente a relação, mas o futuro e o ego de Falyn. (quem se lembra de Taylor aparecendo em Bela Redenção?).
E sobre Taylor ele nem chega perto de ser briguento como os outros, pelo que tenho notado em minha analise de dados, os surtos violentos vem diminuindo a cada lançamento, se isso continuar talvez Tyler seja um monge Tibetano.

De forma geral, o livro é bom, mas não superou minhas expectativas, apesar da proposta ser boa, e o "segredo" está bem entrelaçado ao enredo da trama, os acontecimentos mais importante que acontece com Tyler são cegos pra gente, já que fica-se muito focado na rotina e vida dela, isso não acontece nos demais livro da série, então me incomodou bastante. Pouco sabemos e conhecemos de Tyler. E sobre o final que é onde haveria muito mais narrativas dos dois juntos, a estória corre e fatos impressionantes/importantes não são desenvolvidos com cuidado. Terminei com a sensação de que Tyler sequer é um Maddox por conhecer muito pouco dele.
Nesse livro também dá pra perceber características comuns entre os comportamentos dos irmãos, acontecimentos que dão a impressão de Déjàvu, por se repetirem em todos os livros.

Agora que a ansiedade passou, espero que a capa brasileira seja bem bonita pra me motivar a comprar pra minha coleção.

Quem já leu?

Beijos,
Bru =)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Liberado trailer de Independence Day 2: Resurgence!!!!! Primeiras impressões

Saiu no ultimo final de semana o trailer de Independence Day 2: Resurgence, sequencia do filme 1996, estrelado por Will Smith, Jeff Goldblum e Bill Pullman. No trailer é revelado (e também num site viral que os produtores liberaram) algumas informações do novo enredo e alguns novos personagens apresentados. Agora usando a tecnologia alienígena adquirida no primeiro filme, foram construídas armas para proteção da terra e, pelo que é mostrado no trailer até uma base na lua foi construída. Como explicado no site viral, a ausência do Will Smith (que não quis participar do filme) deu-se de forma trágica, ele acabou morrendo durante os testes com um novo avião com tecnologia alienígena, deixando esposa e filho. Dos novos personagens presentes do trailer temos Dylan Dubrow (Jessie Usher) como o filho de Will Smith, ainda muito mistério cerca o personagem, mas sabe-se que terá que enfrentar a sombra do pai no filme. Temos também o personagem Jake Morrison (Liam Hemsworth), que ao que tudo indica sera um piloto, ou mesmo trabalhe para o governo, já que mostra no trailer que sera enviado para a lua, pois ele aparece em trajes militares no trailer.

O trailer também mostrou muitas cenas de batalhas tanto na terra, como no espaço. Os efeitos especiais do filme, não ficaram de fora do trailer, porem, não ficaram muito claros ainda, até por que temos meses de pós produção pela frente ainda, mas ao que se viu, ficaram bons e vão agradar muito os fãs, que já esperam a quase 20 anos por uma sequencia. O jeito é esperar e torcer para que Junho chegue rápido e possamos conferir tudo isso nas telas.


E vocês gostaram do trailer?? Comentem o que vocês acharam do trailer

^^)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Desastre Iminente - Livro 2

Título: Desastre Iminente
Gênero: New Adult

Ps: contém spoilers do livro 1.
Resenha do livro 1 - Belo Desastre AQUI!



Título Original: Walking Disaster
Editora: Verus
Autor: Jamie McGuire
Sinopse: Toda história tem dois lados. Em Belo Desastre, Abby disse o que pensava. Agora chegou a hora de conhecer os fatos pelos olhos de Travis.Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida: ame muito, lute mais ainda.
Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy...
Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis "Cachorro Louco" Maddox vai ser derrotado por uma garota?



Desaste Iminente é narrado por Travis, o que é bem interessante se não fosse tão estressante. Seus pensamentos e comportamentos machistas me tiraram do sério, mas da pra perceber que esses são usados muitos mais pra justificar seus comportamentos explosivos e destrutivos, além de criar um muro de proteção que não permite que as pessoas realmente não se aproximem dele, além do sexo casual com o qual ele está habituado e manter sob controle.

Porém, essa edição permite também que possamos ver o quanto Travis se esforça pra conquistar Abby, assim como conhece o sofrimento dele diante das diversas perdas, da confusão que acontece quando se apaixona por ela. E acaba "entendendo" os irracionais surtos dele. A verdade é que sou loucamente embriagda pelo frenesi e paixão na vida que esses irmãos tem. Da garra e apesar de usarem de força bruta ou palavras grosseiras e determinação pra conquistar o que desejam, e até do humor desleixado e despreocupado. Personagens que fazem o que tem de ser feito, e pagam pelas consequências, boas ou más.

Quem já conhecem os irmãos Maddox?
Tem resenhas de outros livros deles AQUI!

Beijos, Bru
=)

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

50 tons de cinza - Roteiro e atuações deslizam na adaptação para o cinema


De início vou deixar bem claro que eu não li o livro (até por que esse trabalho é da Bruna rsrs), porém isso não quer dizer que eu não me inteirei de saber como a banda toca e a quantas andou o livro. Pois bem, o romance (?) se passa em Seattle, muita chuva e muito romantismo para cenário de um dos best sellers mais comentados desde Crepúsculo (que serviu de inspiração para a autora, diga-se de passagem, mas isso é outra história).









Logo de cara somos apresentados ao Sr. Christian Grey (Jamie Dornan), mantendo sua forma física e se arrumando com seus ternos caríssimos em um closet de fazer inveja. A nossa querida Anastasia Steele (Dakota Johnson), estudante e que trabalha numa loja de ferragens, bem que se esforçou para ter consigo todos os medos e estereótipos das mulheres, mas mesmo assim ainda faltou alguma coisa para Dakota (que tem o mesmo problema de Chloe Grace Moretz em Carrie – A Estranha) tem muita beleza para um papel que no contexto do livro, não exigiria tanto, quero dizer que, seria normal alguém se interessar por uma garota linda como a Dakota. Também faltou algo para o Jamie, pode ser que, por que ele não era a primeira ou a segunda escolha para o papel, que foi recusado por quase meia dúzia de outros atores (incluindo Matt Bomer – White Collar era meu indicado para viver o Sr. Grey), tenha faltado mais interesse e desejo de fazer o papel.


A medida que o filme tenta se desenrolar, são colocadas cenas de alivio cômico, fazendo assim, o filme tomar contornos de comedia romântica erótica, fica maçante e até chato ver tantas explicações do porquê do porquê do porquê, pelo menos o fato dele não largar do pé dela foi retratado bem no filme, ele parece um cão de guarda (rsrs), vale ressaltar nessa altura que a fotografia do filme e a trilha sonora são de primeira (o passeio de helicóptero ao som de Ellie Goulding é muito bonita).


Após muitos diálogos sobre o contrato de dominador/submissa e algumas cenas mais picantes, eis que ela surge no famoso quarto vermelho pronta para satisfazer seu dominador e... e é isso. Muitos estavam esperando essa exploração mais a fundo, com mais afinco ou que tivéssemos mais do que chicotes e cordas para amarrar as pernas e braços da submissa, num filme com uma pegada que se diz sadomasoquista, a crítica foi pega de surpresa por relances e minutos do seu famoso best seller. O filme deixou um pouco a desejar no principal trunfo do livro, que são os detalhes picantes da relação do casal, talvez pela faixa etária do filme, ou pela não tão boa atuação da dupla chave do filme, mas a verdade é que se não fosse pelo alarde que o livro da E.L. JAMES fez, esse filme não teria tido vida longa. Esperar pelo próximo filme para vermos se com um pouco mais de tempo em tela, sem o excesso de explicações de um simples ‘contrato’ a dupla consegue um melhor desempenho, e um pouco mais de entrosamento.

Comentem o que acharam do filme, e vamos discutir pessoal,

^^)

Coluna: Luz, Câmera, Ação

Oiiiiiiii gente!!
Quem me conhece um pouquinho sabe que sou filha única de série e acho uma traição assistir qualquer outra que não seja Supernatural (Hello Boys! Dean <3 Sam), eu amo conhecê-las, e tenho até um lista de possíveis substitutas caso um dia
Supernatural deixe de existir (que isso nunca aconteça, amém!). Além de Livros e Supernatural, também amo filmes, mas tenho uma preguiça tremenda de resenhá-los, fiz isso pouquíssimas vezes, em função de serem adaptações de livros.
Mas sempre desejei ter esse conteúdo no blog, e agora teremos a coluna Luz, Câmera, Ação:



E quem vai escreve será um amigo super especial ex-dono do livro Marley e Eu, sequestrado por mim e jamais devolvido que conheço á anos (conversamos entre nós e preferimos não divulgar quantos anos específicos, porque não temos mais idade pra isso): Tarcísio Melo.
Bom, ele vai contar um pouco sobre o mundo dos filmes e séries, lançamentos, resenhas e etc.
Estamos super empolgados e desejando que vocês gostem de verdade. Deixem dicas nos comentários do que gostariam de ver nessa coluna.

E ainda hoje vai rolar por aqui um post dele!

Antes quero deixar um recado pra uma amiga: Leh, ainda te quero por aqui com suas 8.246 séries, viu gata?! <3.

Beijos, Bru
=)

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Uma Curva No Tempo

Título: Um Curva No Tempo
Gênero: Romance


Título Original: Fractured
Editora: O Arqueiro
Autor: Dani Atkins
Sinopse: A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?
A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

O livro é narrado por Rachel, personagem principal em que a trama gira em torno de sua vida. No primeiro momento, Rachel narra um terrível acidente que acontece á ela e ao seu grupo de amigos, e partir daquele dia, tudo em sua vida desmorona, não só na dela, mas parece que uma mudança do destino fez com que tragédias fossem acionadas, causando um efeito dominó a todos que estavam envolvidos de alguma forma naquele desastre, que a principio me pareceu bem clichê, desculpe a sinceridade mas acidentes assim eu já li e assisti mais de cem. Mas o que importa é o desencadeamento que essa contingência inicial dá á todos e aos diferentes tipos de resposta que cada um emite diante de uma mesma situação.


Já em um segundo momento, diante de mais um ou dois fatores traumáticos em que Rachel se envolve, ela desperta ao que parece em uma segunda vida, ou uma vida paralela, totalmente diferente na qual estava vivendo. O problema é que agora nada faz sentido pra ela, e mesmo estando no 'paraíso', as lembranças de estar vivendo uma vida errada, de faz de conta a perturba, fazendo com que a mesma busque respostas desesperadas, no entanto, seu amigo Jimmy, faz com que ela se sinta extamente no local em que deveria estar, estar vivendo esse sonho de plena felicidade, onde tudo não passou de um terrível pesado. Conformada com a situação e sem querer entender mais o que são aquelas lembrança ela se entrega a essa nova vida, que parece ser a certa pra ela.


Sobre o final, só posso dizer 2 coisas: 1º meu descontrole emocional está sob influencia fortíssima da minha TPM, só pode!! Lágrimas e soluções definem, e  2º Benedito Ruy Barbosa que se cuide ou a Globo contrata essa Dani Atkins para escrever todas as novelas das oito.
Uma coisa que eu gostaria de falar também é que achei equivocada alguns textos na capa (não vou entrar em detalhes, porque não quero dar spoilers), acredito que eles possam induzir algo que o livro não oferece realmente; não que o mesmo não seja um romance lindo o qual gostei demais, e que isso provoque ainda mais a surpresa dos leitores no final deste, mas é que isso me incomoda um pouco, entendem? Quem leu também achou isso?

Beijos, Bru
=)

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

After 1

Título - After 1
Gênero: New Adult



Título Original: After
Editora: Paralela
Autor: Anna Todd
Sinopse: No primeiro livro, Tessa é uma garota de 18 anos que acaba de deixar a casa de sua mãe para ir morar no campus da faculdade. Estudiosa, responsável e recatada, ela não quer saber de festas e nem de paixões. No primeiro dia na faculdade, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, lindo e todo tatuado que implica com seu jeito de garota certinha. Os dois se detestam, mas ao mesmo tempo não conseguem ficar longe um do outro. Logo, começam um relacionamento intenso e turbulento. Consumida por uma paixão que ela imaginava não ser possível, Tessa vê sua sexualidade aflorar. Mas por trás do chame irresistível de badboy, Hardin carrega fantasmas de seu passado, que podem colocar tudo a perder. Depois de Hardin, Tessa nunca mais será a mesma.

Vamos lá, fiquei muito curiosa a respeito de série de livros, muitos comentários positivos, e já são 5 livros lançados por aqui, além de sucesso absoluto na internet. Mas como boa desconfiada que sou comprei apenas o primeiro, só pra ter uma ideia da estória e já esperava que ela não se desenrolaria no primeiro livro.
A narração fica por conta de Theresa, ou Tessa, ou Tess (vou tentar não usar todos os nomes no post)  uma garota pré programada pra tudo na vida, tipo um robô com alarmes. Já Hardin, é o rebelde sem causa, com objetivos bem simples: curtir a vida adoidado! Além de ser bem grosseiro, mulherengo e cheio de mistério (típico bad boy, new adult).
E adivinhem quem tentará ser o casal mais improvável? Exatamente, Tessa e Hardin, já da pra prever os estragos né?!

E apesar de todos os contras esses dois conseguem a proeza de formar um casal, se é que a relação deles pode ser chamada assim. Porque juntos formam o caos em pessoa, propensos á ofensas desmedidas e ataques histéricos. Além de muito mistério sobre o passado e até presente do nosso querido intrigante Harlim. E ele nem é o típico Bad Boy dos new adult pra ser sincera, ele é um pouco pior, menos Sweet e mais Hard.

E o que ele causa na vida de Tessa? Vou deixar a moça tentar se explicar á vocês:


Bom, e isso não é tudo!! Ao fim desse livro ele se revela pior que a encomenda, e da fábrica de estupidez ele com certeza saiu com selo de qualidade nota 10!
E adivinhem? O livro termina na melhor parte! Vou ter que comprar o outro ¬¬!!
O livro é turbulento, ofegante e sim, tem sexo. É cansativo e instigante! Faz você querer dar uma aula de auto estima e de artes marciais pra Tessa!! Ou te faz querer pegar a cabeça dos dois e bater uma contra a outra!

Quem já leu ai?
Me contem tudo, menos a sequencia é claro rs
Beijos,
Bru =)

sábado, 5 de dezembro de 2015

Lançamento: Beautiful Burn/ Tyler Maddox

Série Irmãos Maddox - Beautiful Burn
Jamie Mc Guire

Porque notícia boa a gente de dar logo!!


Sinopse:
Recém-saída da faculdade, Ellison Edson caiu até o fundo do poço. Enquanto estava na casa de férias da sua família em Colorado, seu comportamento finalmente chamou a atenção dos seus pais – mas não do jeito que ela esperava. Sem acesso aos milhões que ela sempre deu como certos, e deixada sozinha para cuidar de si mesma, Ellie está cada vez mais fora de controle, cometendo um erro que ela não pode apagar.
Como seu irmão gêmeo Taylor, Tyler Maddox é membro do grupo de elite de bombeiros Alpine, combatendo incêndios florestais na linha de frente. Tão arrogante quanto é charmoso, o estilo de vida nômade de Tyler torna fácil limitar suas relações a uma noite. Quando ele conhece Ellie em uma festa local durante a baixa temporada, sua personalidade extrema e atitude desdenhosa o fascinam no início, mas conforme seus sentimentos crescem, Tyler percebe que os demônios interiores da mulher que ele ama podem ser o inimigo mais forte que qualquer Maddox já enfrentou.


O livro será lançado no dia 30 de janeiro lá pra gringas sortudas, e já está em pré-venda em vários sites de lá.
O que é essa capa maravilhosa? E quem é essa Ellison Edson? Preciso de mais informações! #Frustrada

A autora postou no Twitter a possibilidade de vir para o Brasil no próximo ano:
Espero que a Dona Jamie McGuire venha mesmo para o Brasil e nos informe logo quando os outros livros serão lançados por aqui.
Já foram lançados :
Belo Desastre/ Travis - (Resenha Aqui)
Bela Distração/ Trenton - (Resenha Aqui)
Bela Redenção/ Thomas - (Resenha Aqui)

Mais ainda faltam:
Beautiful Sacrifice/ Taylor - (Sinopse Aqui)
Somenthing Beautiful/ Shepley - (Sinopse Aqui)
Beautiful Burn/ Tyler

E ao que me parece vem por ai a sequência de Bela Distração! (Trenton <3)

Se alguém reclamar vai ter Maddox Dad também!! hahuauha

Quem mais esta emocionada?
Vem logo 2016 e traga a Jamie e os Maddox pro Brasil!

Beijos, Bru
=)


quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Um Caso Perdido (Hopeless - Livro 1)

Título: Um Caso Perdido
Gênero: News Adult (Drama)



Título Original: Hopeless 1
Editora: Galera
Autor: Colleen Hoover
Sinopse: Sky cataloga garotos como sabores de sorvete. Alguns são baunilha, outros um pouco mais ousados. Mas nenhum a empolga. Em seu último ano de escola, conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.


O livro é narrado por Sky, os capítulos são marcados com dias, e o primeiro acontece na data de 28/10/2012, os capítulos posteriores alternam-se retratando momentos que antecedem essa data inicial, com memórias de Sky sobre sua infância.
Preciso dizer o quanto me incomodou a pobreza da sinopse e o quanto ela é um tanto dissociada dos principais fatos da estória.

Ao iniciar a leitura meu pensamento é que seria mais um New Adult para minha coleção de leitura, em que um jovem casal ambos problemáticos, se apaixonam loucamente, mas que tem segredos que podem comprometer a relação dos dois. Bem, e com isso eu poderia catalogar uma quase infinita lista de romances assim, estou mentindo?


Não vou negar que o livro tem um pouco de tudo isso, mas preciso ressaltar, o quanto me surpreendi com o enredo. A primeira vista tudo caminha conforme o manual da literatura jovem contemporânea, (adult)mas pela primeira vez os segredos são realmente devastadores e realmente são entrelaçados de forma magnifica, que nos envolvem na trama de uma forma que somos quase incapazes de parar de ler de tão empolgante e desafiador.
A construção dos personagens é tão perfeita que os assuntos abordados no drama poderia render fácil uns 3 livros, (sei que tem continuação), mas quero dizer que há tanta informação nesse único exemplar, que as vezes não conseguimos sequer encontrar em uma dúzia de leitura. Mais uma vez Colleen me surpreendeu, já havia lido O Lado Feio do Amor (resenha AQUI) e me encantado justamente pelos segredos da trama que também não era algo obvio para livros desse gênero.


Sky e Holter são um casal típico, mas com uma história nada típica, onde lembranças, fofocas, boatos e passado causam um frenesi de tirar o fôlego. Bom, pra ser ter ideia li em menos de 24hs e passei uma madrugada inteira lendo, parando apenas pra dormir por 3 horas e poder ir trabalhar. Estou ansiosíssima para ler a continuação, contando os dias pro cartão fechar e eu poder comprar rs!!

Essa resenha fez parte de um leitura coletiva com onde os participantes leriam títulos com gênero New Adult (NA) ou Young Adult (YA). Participar desse movimento foi super bacana e espero que possamos fazer isso mais vezes!! Agora não deixem de conferir os títulos e resenhas escolhidos pelos outros participantes, já adianto que estão simplesmente demais os posts, Passem por lá e deixem seu comentário:

Livros da Garota Vermelha -  Resenha AQUI!
Meninas na Literatura -  Resenha AQUI!
Um Leitor no Oceano -  Resenha AQUI!
Sweer Like Caramel -  Resenha AQUI!
Cooltural Blog -  Resenha AQUI!

Boa Leitura e me contem o que acharam!!
Beijos, Bru
=)

domingo, 29 de novembro de 2015

Comer, Rezar, Amar (Part.3 - Amar)

Oie...
Enfim a 3ª e  última parte do livro Comer, Rezar, Amar:
Amar/ Indonésia.
Resenha do Comer: AQUI.
Resenha do Rezar: AQUI.

Lembrete:
1- Contém Spoilers.




Devo confessar que fiquei meio relutante para ler o amar, não sei, acho que de certa forma acreditava que seria uma amar, meloso, cheio de romantismo e bla bla bla. E na verdade me surpreendi positivamente. Não que Liz não tenha vivido/iniciado um romance, mas o livro trata o amor mais do que simplesmente a união de um casal. Liz não se apaixona apenas por um homem, na verdade, nesta parte do livro, ela está acima de tudo amando a si mesma, com tudo o que ela é, e amando a vida com todos seus pesares. Agradecendo acima de tudo a oportunidade de ter conseguido alcançar a graça de se sentir em paz consigo mesma.
Além da riqueza de conhecer mais sobre a cultura de Bali e sua história.


E nesse momento ela percebe é que foi preciso muito esforço para chegar onde chegou, para alcançar essa graça; Que houve dor e tristeza pelo caminho, que muito precisou aprender sobre si mesma e sobre a vida. Mas que mesmo estando em plena paz, ela não pode se acomodar e deixar que todas as conquistas se percam em meio a euforia da chegada.
Felicidade só será uma "constante", se é que podemos defini-la assim, quando não deixarmos de sacrificar e lutar.
Pra mim, Amar... foi o encerramento de um ciclo para a transformação e o encontro do equilíbrio entre a graça Divina e os Prazeres do mundo, mas para manter esse equilíbrio ambas as partes precisarão manter-se em eterna manutenção, como em uma corda bamba onde não se pode perder o foco ou você cairá em um dos lados.

Beijos,
Bru =)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...