quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Perdida - Um Amor Que Ultrapassa Barreiras

Perdida - Um Amor Que Ultrapassa Barreiras
Gênero: Romance



Título Original: Perdida - Um Amor Que Ultrapassa Barreiras
Editora: Verus
Autor: Carina Rissi
Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.



Em primeiro lugar preciso morder a minha língua grande, pois uma amiga me indicou esse livro (valeu Gabi <3 ) ai fui lá e compre logo de cara Perdida e Encontrada, quando recebi os livros em casa, quis morrer porque meu preconceito estúpido julgou a qualidade o livro antes de sequer ler, pela autora ser brasileira. Bufei, mas como não tinha nada o que fazer aquela altura, comecei a ler, e só posso dizer que a Carina Rissi sambou na minha cara. Vamos a resenha afinal:



O livro é uma loucura de sentimentos. Sofia é a típica mulher moderna, mora sozinha, sai pra beber, trabalha e paga suas próprias despesas. Ai como um passe de celular mágico ela vai parar 1830. Agora, parem um segundo e tentem imaginar como era em 1830, se quiserem deem um google nessa data. Agora que já podem imaginar a loucura que um mulher do século 21 pode causar em 1830, vai entender porque digo que o livro é uma mistura intensa de sentimentos e emoções!
Sofia me fez rir, muitooo com todas as suas "gafes", porém além dessas devido as diferenças de tempo, acrescentem uma dose de desastre, ousadia, inquietude e descontrole.


O melhor de tudo, é que toda essa discrepância que Sofia tem das mulheres daquela época, a torna única aos olhos do doce, corajoso, decidido, dedicado e L-I-N-D-O  Ian  (todos suspiram) *--*!! O moçoilo fica embasbacado com ela, fazendo de tudo para mantê-la ali. Será que entre tanta diferença pode surgir o amor?
Pois bem, sobre o final... Chorei litros!! Chorei de soluçar!! E por sorte eu já tinha comprado a sequência, e já comecei a ler desesperadamente!! e também já comprei Destinado.

E por último, não menos importante: CARINA RISSI, MIL PERDÕES!! Você simplesmente um arraso, como diria Sofia, e ainda completaria: Valeu!


Beijos,
Bru =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...