domingo, 31 de julho de 2016

Resenha:Talvez Um dia

Título: Talvez Um Dia
Gênero: Romance



Título Original: Maybe Someday
Autor: Collen Hoover
Editora: Galera Record
Sinopse:Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida- socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora


A alguns dias atrás falei sobre o lançamento desse livro AQUI! Bom, eu simplesmente amei todos os elementos dele, poderia listar os motivos, mas creio que não vem ao caso rs. Talvez Um Dia é meu livro preferido do ano, e nada vai mudar nesses últimos meses, eu agora desejo mais do que nunca te-lo em minha prateleira. Sem mais delongas, vamos á resenha:


O livro é cheio de grandes e pequenos mistérios que vão sendo desfeitos ao longo da leitura, mas logo de cara o primeiro já é esclarecido, até porque não teria como esconde-lo por muito tempo.A história de Syd e Ridge é um romance improvável,  que tem tudo pra dar certo, mas tem todos os motivos pra não acontecer - como se fossem as pessoas perfeitas um pro outro, no pior momento, e o que tudo indica não haverá esse 'momento'.


Os capítulos são alternados entre Syd e Ridge e isso nos da a perspectiva de ambos sobre o qe esta acontecendo, de longe é meu tipo preferido de narração. Os diálogos são sempre muito bem construídos e articulados, cheio de humor, sarcasmo e intensidade.



Os demais personagens são muito mais que simples coadjuvantes fazendo total diferença no desenrolar da estória.


Faz muito tempo que não leio algo que realmente me faça questionar a vida e os rumos que ela toma sem que ao menos tenhamos tempo de perceber antes de estarmos com uma desgraça imimente. Mas acima de tudo o livro me fez crer que mesmo nesses momentos á algo que possamos fazer para minimizar os danos, e talvez seja algo altruista, porém extremamente necessário.



Não querer para o próximo aquilo que viveu e não querer se tornar uma pessoa a qual se abomina talvez seja o primeiro passo firme que Syd segue, aquele famosos ditado "não faça ao outro, aquilo que não deseja pra si mesmo", mas quem disse que é fácil ou que somos totalmente capaz de comandar nossas ações? Até porque não depende apenas de nós para que algo aconteça ou deixe de acontecer.


O livro narra essa luta diária travada por Syd e Rigde contra o que estão sentindo. Como sobrevive. convivem e encontram uma solução para toda essa confusão.


Maybe Someday é um livro intenso apesar de ter um enredo simples fácil e cativante. Tem tudo o que um romance contemporâneo precisa.



Eu simplesmente não sei descrever tudo o que senti nas minhas aproximadas 24hrs de leiruras, Collen superou todas as minhas expectativas nessa obra singela e pura, que fala do amor de um forma descontraidamente jovem.


E o final não poderia ser mais lindo, perfeito,; do tipo que você gostaria de arrastar para fora dos livros e acreditar que é possível crer na empatia das pessoas. Ah! como não se bastasse rasgar meu coração ao meio, Collen nos presenteia com uma playlist de tirar o fôlego. Vou deixar o vídeo e música que dão nome ao livro e embaixo a lista completa!



Playlist MAYBE SOMEDAY!

Beijos, Bru
=)

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Lançamento: The Chemist

Noticia duplamente boa!!
Primeiro porque depois de seis anos num vácuo de  novas obras, Stephenie Meyer aclamada pela série Crepúsculo lançará The Chemist, mas passando longe do gênero fantasia o novo livro será um suspense envolvendo uma ex-agente do governo dos Estados Unidos. 
Segundo porque a Editora Intrínseca já tem os direitos comprados e o lançamento será simultâneo com o dos gringos SAVE THE DATE 15 de Novembro! Isso mesmo, não vamos precisar esperar meses! Apesar disso, ainda não foi divulgado se a capa original será mantida por aqui e se o título será A(o) Química (o). Enquanto isso ficamos com a original :




Sinopse: Perseguida por seus antigos empregadores, a heroína de Meyer precisa aceitar um novo caso para limpar seu nome e salvar a própria vida. No entanto, em meio à pior batalha que já enfrentou, acaba se apaixonando por um homem que pode complicar ainda mais suas chances de sobreviver. E enquanto vê suas escolhas rapidamente diminuírem, ela deve usar seus talentos de formas que nunca imaginou.

E aí, empolgados com essa nova direção que a autora tomou? Eu fiquei bem feliz, mas confesso que ainda quero Midnight Sun kkkk.

Beijos, Bru
=)

Resenha: Coração Perverso

Título: Coração Perverso
(Spin-off da duologia Meu Romeu - Resenha AQUI - e Minha Julieta - Resenha AQUI).
Gênero: New Adult



Título Original: Wicked Heart
Autor: Leisa Rayven
Editora: Globo Alt
Sinopse: Liam Quinn é talentoso, lindo, e uma das maiores estrelas do cinema do mundo. Ele é também o único homem que Elissa Holt já amou verdadeiramente. Depois de ficar fora da vida dela por seis anos, ele e sua linda noiva estão escalados para estrelar um novo show da Broadway, show do qual Elissa será a assistente de palco. O único problema é que, quando ensaios noturnos aproximarem Elissa e Liam, a linha entre o que é e o que poderia ter sido ficarão embaçadas. E um momento de fraqueza irá leva-los a um escândalo que ecoará pelo o mundo inteiro. Elissa sabe que se apaixonar por Liam novamente seria uma tragédia, mas como qualquer bom romântico irá dizer-lhe, o amor nem sempre segue o script.






Leisa começa com amenidades, pequenas migalhas dos motivos que afastaram Liam e Liss. A cronologia da estória está em tempo real, contudo só sabemos sobre o começo do casal quando ela
Resolve se abrir e contar para o seu melhor amigo, e com isso vivemos um misto de saber o que houve entre eles e saber o que acontecerá agora.


Como uma piada do destino Liam e Lissa se reencontram e terão que trabalhar juntos.
E como sempre a autora nos prende em um enredo instigante que faz a cabeça girar, em uma trama sobre relacionamentos e toda a merda que pode acontecer com qualquer um.


Antes mesmo de conhecer Bell (atual de Liam) eu já desejava que ela fosse uma patricinha arrogante, metida, e que ao ver Liss, Liam percebesse a burrada que cometeu; mas isso não acontece, Bell não é pra ser odiada e isso dá uma raiva na gente. Com isso as coisas vão acontecendo e você fica angustiada, pois percebe que nem sempre o casal protagonista ficaram juntos no seu felizes para sempre, e que um personagem ou outro sairá perdendo, até porque a vida é assim, mas sabe, não estamos acostumados a ver protagonistas em desvantagem ou com um rival que seja bom, agora me diz quantas vezes realmente nos compadecemos dos "violões" e desejamos um final feliz, aliás, nós nos contentamos com um parágrafo "feliz" pro coadjuvantes.


Agora quando as estória vira e a "princesa" parece não ser mais a dona do sapatinho de cristal da até um aperto no peito e na cabeça aparecem milhões de versões para a prevenção de danos ou a tentativa de todos mundo se dar bem. Queremos arranjar um jeito, mas nem sempre é possível, a verdade é que na maioria das vezes alguém sai perdendo e machucado, mesmo que isso não seja justo!
Mas a vida segue, não há muito o que fazer - Leisa nos mantém nesse dilema, transe, ansiedade e um misto de tristeza e compaixão, e quanto menos páginas faltam pra ler, mais intenso se tornam as sensações! Não sei se só a mim a autora afeta dessa forma, não que ela seja a única, mas fazer isso sem adicionar um ultra drama, com mortes e passados traumáticos é um efeito único que essa autora tem!

Não vou contar o final, mas tudo acontece um pouco rápido demais, mal tive tempo de me recuperar das emoções ao longo da leitura e pronto já foi tudo se "ajeitando". Bem legal é ter um "prólogo" de Minha Julieta, mostrando mais um pouquinho do felizes para sempre de Ethan e Cassie.


Quem já leu, o que achou?

Beijos, Bru
=)

domingo, 24 de julho de 2016

Notícia: Tudo Sobre as Filmagens de 50 Tons Mais Escuros

Oie! Não é livro, mas é adaptação de livro, mais precisamente a adaptação de 50 Tons Mais Escuros para as telonas. Depois de muitas criticas sobre o primeiro filme, inclusive da própria autora da trilogia, a franquia ganhou um novo diretor que promete ser o mais fiel possível á obra (os fãs agradecem).


Depois de alguns pedido, resolvi fazer um post sobre as gravações, e vou dividir em dois posts, esse é o primeiro e vou mostrar um pouquinho das cenas que foram gravadas para 50 Tons Mais Escuros e que provavelmente aparecerão nas telonas. Bora lá?!

Teve a exposição de José e é claro que com isso, rolou também...




 O "pega" no famoso beco, seguido de jantar e a caixa prateada com o Ipad e a declaração de Christian.

Ana teve que lidar com a louca de Leila, e apesar de não haver fotos por ter sido gravação interna, foi confirmada a cena no apartamento de Ana, em que Christian expulsa-a do local e fica para cuidar de Leila, com banho e tudo.

Titia Erika levou os fãs á loucura com essas fotos legendadas como, a biblioteca de Grey - bom, já sabemos o que rola por lá.


O primeiro encontro entre Ana e Elena acontece no Esclava, e teve discussão, mas não teve o drama de Ana ser mais uma vez carregada no ombro por Christian, poxa, não custava nada, ele já fez isso uma vez, duas é moleza =(



Essas fotos acima, me parecem uma adaptação envolvendo o The Grace e o baile de mascaras, já que o figuro da festa. Portanto teremos uma versão diferente do livro, mas os dois elementos estarão presente. Ok! essa eu deixo passar!

Já aqui rolou a cena do assédio, seguido de auto defesa, fuga e encontro com um Christian furioso. Tudo isso numa versão menos dramática já que no livro rolou um desmaio e nas fotos isso não apareceu.


O famoso chaveiro com o "YES" também terá vez, assim como Ana entregando o mesmo antes da visisa ao Dr. Flynn. Mas como a vida não é fácil nem para o bilionário Grey, o moço quase fica sem saber a resposta de Ana, pois vai rolar aquele desastre com Charlie Tango...


Ross me representa durante a leitura desse trecho do livro ahuhua. Assim como o "bronze" de Grey kkk.

Rolou até festinha de aniversário para o Mozão Jamie, preparada pela parceira de elenco Dakota. Ok, não vou falar nada sobre #Damie!
O filme tem data de lançamento para fevereiro de 2017!
Ainda essa semana posto sobre as gravações de Freed!!

Sentiram falta de alguma cena que tem no livro? Bom, eu quero e não abro mão de Grey submisso após contar todo seu passado e escolhas a Ana.

Ah! e tem mais noticia sobre a trilogia - Erika a autora, divulgou em seu tt que Darker sob o ponto de vista de Grey está a caminho.

Beijos, Bru
=)

(fotos da internet)


segunda-feira, 18 de julho de 2016

Resenha: Intenso Demais - Série Rock Star 1

Título:  Intenso Demais -  Série Rock Star 1
Gênero: New Adult














Título Original: Thoughtless
Autor: S. C, Stephens
Editora: Valentina
Sinopse: Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.aaa


Vamos lá, pra quebrar o tabu da capa, Intenso Demais não é o clássico New Adult, diria que ele lembra muitooo Talvez Um Dia (Maybe Someday) da Collen Hoover - um triangulo amoroso, drama, muita música e pouco sexo, sim pouco, isso não é o ponto alto do livro, é o mínimo detalhe, e eu amei isso.





Kiera é apaixonada por Denny, seu namorado, mas o destino não foi generoso com esse casal e algumas turbulências podem acabar com esse amor despretensioso, leve e pacato. E foram várias as contingencias envolvidas para que o desastre iminente explodisse, entre ele e Kellan.

O que temos no livro são jovem, atrás de seus sonhos, tentando acertar na vida, errando e tentando aprender. O problema é que a vida nem sempre sai como planejado e muito menos é justa. Entre a cruz e a espada a protagonista, brilhantemente construida com um misto de coragem madura e inseguranças imaturas.


A montanha russa de sentimentos e sensações que a leitura nos desperta é incrível, mas isso principalmente é incitada por Kellan. Basicamente o Rock Star a principio nos desperta um misto de doçura e descrença, depois passamos pra raiva, indo pra pena e consecutivamente compaixão, mais um personagem com exccelente construção, o que temos construído topograficamente como "Alma de Artista", Kellan nos apresenta ao longo da leitura.


O final é algo comum, algo que acontece no dia a dia, o qual todos estamos passiveis de viver, e eu gosto disso, gosto da proximidade a realidade, dos confrontos e desconfortos mais reais ao seres comuns que vivem fora dos livros.

Enfim, amei!
Quem ai já leu, o que achou?

Beijos,
Bru =)

Invocação do mal 2 - Crítica

Muitos sempre ficam o pé atrás quando se fala em continuações no cinema, principalmente quando se trata de filmes de terror. Vamos lembrar alguns clássicos hoje em dia que na época foram execrados pela critica. Temos Sexta-feira 13 e A hora do pesadelo, seus filmes originais foram sucesso absoluto, já suas sequencias nem tanto. Mais recentemente tivemos Jogos Mortais chegando ao sétimo filme, e o oitavo esta a caminho. A lógica de antigamente ainda parece prevalecer nos dias de hoje, se esta tendo lucro, vamos fazer mais e mais filme.


Essa pratica porém vem sendo mudada por um diretor (um dos melhores diretores se não o melhor) com uma cabeça diferente, James Wan conseguiu criar narrativas certeiras nos seus melhores trabalhos, não por isso ele foi primordial para o sucesso desse novo filme, claro, ele e o casal Vera Farmiga e Patrick Wilson (Ed e Lorraine Warren), que continuam a demonstrar uma química incrível em cena.

O filme começa num ritmo menos acelerado, porém, muito bem desenvolvido. O filme mostra no inicio um outro caso dos arquivos dos Warren, que também já virou filme, mas sem eles serem citados no filme, Horror em Amityville conta a historia de uma família que se muda para uma casa em Amityville sem saber que anos antes, uma familia inteira fora morta. O filme é estrelado por Ryan Reynolds, é um bom filme recomendo pra quem gosta de terror, quem sabe esse não é o terceiro filme da franquia invocação do mal (fica a dica produtores rsrs).

Voltando ao invocação do mal, depois dessa breve introdução (ou gancho para o próximo filme), eles se deparam com uma família simples da Inglaterra, que se dizem atormentados por fantasmas.
A narrativa segue a mesma linha do filme anterior, sustos, explicações, sustos e mais explicações, até chegar ao seu ultimo quarto onde tudo parece ser esclarecido.

O filme não decepciona os fãs de suspense que adoram tomar sustos, e também não decepciona quem gosta de um terror mais lúdico (estilo A Bruxa, tem crítica aqui no blog pra quem quiser conhecer), James Wan não esqueceu de ninguém no seu novo filme, que para muitos este já supera o original.

E vocês, já assistiram? Gostaram ou não gostaram? Vamos discutir sobre ;)

Tarcísio ^^)

sábado, 16 de julho de 2016

Lançamento: O Adulto/ Gillian Flynn

Fãs das clássicas história de terror atenção! A autora Gillian Flynn, ovacionada por seus thriller psicológicos Objetos Cortante, Garota Exemplar e Lugares Escuros, os dois últimos que saíram de seus livros direto pra telonas; se arrisca agora com elementos das clássicas histórias de terror, em O Adulto:

CAPA NACIONAL





CAPA ORIGINAL
(essa é a capa original, inclusive está no site da autora, no entanto, encontramos um versão com o título em inglês com a mesma imagem da nacional - confesso que tentei descobrir sobre essa divergência, mas não encontrei nada)






Sinopse: Vencedor de um Edgar Award, O Adulto, de Gillian Flynn é uma homenagem às clássicas histórias de terror!
Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes. Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente.
Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação. No entanto, quando visita a impressionante mansão dos Burke, que Susan acredita ser a causa de seus problemas, e se depara com acontecimentos aterrorizantes, a jovem se convence de que há algo tenebroso à espreita. Agora, ela precisa descobrir onde o mal se esconde, e como escapar dele. Se é que há alguma chance.
Em seu estilo inconfundível que arrebatou milhares de fãs, Gillian Flynn traça surpreendentes e intrigantes perfis psicológicos dos personagens e tece uma narrativa repleta de suspense ao mesmo tempo em que brinca com elementos clássicos do sobrenatural.


Bom, as expectativas são as melhores! Gillian é um das poucas autora não-new adult que leio de olhos fechados, ela me ganhou em Garota Exemplar, me manteve entusiasmada em Objetos Cortantes e confesso que apesar de ter, ainda não li e nem assisti Lugares Escuros. 
A capa pra mim está OK, ate porque mantém um padrão em relação aos livros anteriores lançados por aqui kkkk! Só não curti o fato de ter apenas 64 página, gente a autora é boa, mas se ela mantiver a qualidade da escrita, enredo e construção em apenas 64 páginas, ela está mais que de parabéns!rs.
A previsão de lançamento é para o próximo dia 27 de julho, e até que o preço não esta absurdo tem média de preço AQUI!

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Preview: It - A Coisa




















It: Uma Obra prima do Medo, foi originalmente produzido para TV em 1990, aqui no Brasil, acabou virando filme e ficou mais conhecido como It: A Coisa.


Adaptado do livro do mestre do terror/suspense Stephen King, a historia gira em torno de um grupo de crianças que depois crescidos voltam a sua cidade natal para cumprir uma promessa, enfrentar o palhaço Pennywise, uma criatura horrenda disfarçada que esta assassinando crianças.

















Até hoje o filme original ainda causa repulsa e arrepios nos amantes do gênero, como pode ser visto nas fotos o palhaço Pennywise é mesmo uma figura bizarra e aterrorizante. Muitas lendas urbanas surgiram por conta do livro e do filme, e até hoje são contadas (sim adultos morrem de medo de palhaços sim, não é mentira kkk). O jeito é esperar que essa refilmagem fique tão boa quanto o original, coisa que convenhamos da muito trabalho a qualquer produtor.
Foi liberada a primeira imagem do palhaço desse novo filme, o que só faz aumentar ainda mais as expectativas, veja abaixo:




























E vocês conhecem o filme original ou já leram o livro?? Vamos comentar sobre as expectativas..

Tarcisio ^^)

sábado, 9 de julho de 2016

Notícia: Editora Verus Confirma Novos Lançamentos da Série Irmãos Maddox no Brasil

Oie pessoas, tudo certinho? Bom vamos de noticia boa, para amenizar um leve susto que tivemos.
A alguns dias a autora Jamie McGuire publicou (não me lembro em qual rede social - mas eu vi) a sua insatisfação com os fã/leitores brasileiros e com o Wattpad. O motivo foi que o livro Something Beautiful havia ganhado uma tradução não oficial em terras brasileiras, o mesmo já tinha ocorrido com o livro Beautiful Sacrifice, antes mesmo de virar Belo Sacrifício por aqui. Bom diante toda essa indisposição, Jamie chegou a dizer que os brasileiros corriam o risco de não terem seus livros publicados por aqui. E claro que isso causo o maior reboliço por inúmeros motivos.




No entanto, pra acalmar os ânimos, o selo Grupo Editorial Record, afirmou que isso não acontecerá, pois a editora já tem os direitos comprados dos livros: Beautiful Burn, Something Beautiful e A Beautiful Funeral.
E as notícias boas não param por aqui. Ainda esse ano, mais precisamente em outubro, Beautiful Burn chegam as livrarias por aqui, já Something Beautiful e A Beautiful Funeral serão lançados no próximo ano (2017).

Enquanto outubro não chega, tem tudo sobre livros e resenhas dos Irmãos Maddox  AQUI!

Preciso confessar que foi um alivio esse posicionamento da editora, não porque correríamos o risco de ficar sem a leitura, pois sabemos que as traduções ilícitas continuarão, mas porque como fã, não deixo de comprar os livros por ter lido uma versão não oficial.

E aí, mais animados agora? O que vocês acham dessas traduções não oficiais?

Super beijo, Bru =)


segunda-feira, 4 de julho de 2016

Lançamento: Para Sempre Minha/ Série Rosemary Beach

O mês começou pegando fogo!
A editora Arqueiro acaba de divulgar o lançamento de mais um livro da série Rosemary Beach, da Abbi Glines, autora super conhecida pela trilogia Sem Limites, que também faz parte da série Rosemary Beach. Nessa edição vamos conhecer um pouco mais de Della e encontrar o mito Tripp.

CAPA ORIGINAL:





CAPA NACIONAL:
Sinopse: “Romance, amigos e perdão. Cada detalhe de “Para sempre minha” é inestimável. Desejei 
que a história não terminasse.” – Romancing the Book. Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la. Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.

Capas com pessoas não fazem meu tipo, mas é totalmente o tipo de Abbi. Entre as duas, prefiro a nacional. Estava louca pra saber da vida de Della, morri de tristeza depois do desastre com Jace.
O livro tem previsão de lançamento para o dia 30 de julho (esse mês) e já tem pré-venda em alguns sites AQUI -  até que não está um absurdo o preço. Editoras, sigam o exemplo da Arqueiro, obrigada!

Mais alguém ansioso por mais uma estória hot cheia de dramas?
Eu to super...rs

Beijos,
Bru =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...