segunda-feira, 18 de julho de 2016

Resenha: Intenso Demais - Série Rock Star 1

Título:  Intenso Demais -  Série Rock Star 1
Gênero: New Adult














Título Original: Thoughtless
Autor: S. C, Stephens
Editora: Valentina
Sinopse: Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.aaa


Vamos lá, pra quebrar o tabu da capa, Intenso Demais não é o clássico New Adult, diria que ele lembra muitooo Talvez Um Dia (Maybe Someday) da Collen Hoover - um triangulo amoroso, drama, muita música e pouco sexo, sim pouco, isso não é o ponto alto do livro, é o mínimo detalhe, e eu amei isso.





Kiera é apaixonada por Denny, seu namorado, mas o destino não foi generoso com esse casal e algumas turbulências podem acabar com esse amor despretensioso, leve e pacato. E foram várias as contingencias envolvidas para que o desastre iminente explodisse, entre ele e Kellan.

O que temos no livro são jovem, atrás de seus sonhos, tentando acertar na vida, errando e tentando aprender. O problema é que a vida nem sempre sai como planejado e muito menos é justa. Entre a cruz e a espada a protagonista, brilhantemente construida com um misto de coragem madura e inseguranças imaturas.


A montanha russa de sentimentos e sensações que a leitura nos desperta é incrível, mas isso principalmente é incitada por Kellan. Basicamente o Rock Star a principio nos desperta um misto de doçura e descrença, depois passamos pra raiva, indo pra pena e consecutivamente compaixão, mais um personagem com exccelente construção, o que temos construído topograficamente como "Alma de Artista", Kellan nos apresenta ao longo da leitura.


O final é algo comum, algo que acontece no dia a dia, o qual todos estamos passiveis de viver, e eu gosto disso, gosto da proximidade a realidade, dos confrontos e desconfortos mais reais ao seres comuns que vivem fora dos livros.

Enfim, amei!
Quem ai já leu, o que achou?

Beijos,
Bru =)

4 comentários:

  1. Olá, Bru!
    Há tempos quero ler essa coleção haha Todos os livros já lançados estão na minha wishlist ;-) A estória parece ótima e sua resenha me empolgou ainda mais hahahaha Preciso! Resenha fantástica, amiga <3
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigaaaaaaaaaaaaaaa você vai amar! Beijão =)

      Excluir
  2. Bru do céu, consegui esse livro em uma troca e ao ver você comparando-o com Talvez um Dia fiquei muito feliz por ter conseguido. Amei a resenha e não vejo a hora de começar a ler o meu.


    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bru, só vou anotar kkkk porque um dia eu vou ler todas essas suas dicas maravilhosas! <3
    Amei a resenha, tá? Parabéns.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...