domingo, 31 de julho de 2016

Resenha:Talvez Um dia

Título: Talvez Um Dia
Gênero: Romance



Título Original: Maybe Someday
Autor: Collen Hoover
Editora: Galera Record
Sinopse:Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida- socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora


A alguns dias atrás falei sobre o lançamento desse livro AQUI! Bom, eu simplesmente amei todos os elementos dele, poderia listar os motivos, mas creio que não vem ao caso rs. Talvez Um Dia é meu livro preferido do ano, e nada vai mudar nesses últimos meses, eu agora desejo mais do que nunca te-lo em minha prateleira. Sem mais delongas, vamos á resenha:


O livro é cheio de grandes e pequenos mistérios que vão sendo desfeitos ao longo da leitura, mas logo de cara o primeiro já é esclarecido, até porque não teria como esconde-lo por muito tempo.A história de Syd e Ridge é um romance improvável,  que tem tudo pra dar certo, mas tem todos os motivos pra não acontecer - como se fossem as pessoas perfeitas um pro outro, no pior momento, e o que tudo indica não haverá esse 'momento'.


Os capítulos são alternados entre Syd e Ridge e isso nos da a perspectiva de ambos sobre o qe esta acontecendo, de longe é meu tipo preferido de narração. Os diálogos são sempre muito bem construídos e articulados, cheio de humor, sarcasmo e intensidade.



Os demais personagens são muito mais que simples coadjuvantes fazendo total diferença no desenrolar da estória.


Faz muito tempo que não leio algo que realmente me faça questionar a vida e os rumos que ela toma sem que ao menos tenhamos tempo de perceber antes de estarmos com uma desgraça imimente. Mas acima de tudo o livro me fez crer que mesmo nesses momentos á algo que possamos fazer para minimizar os danos, e talvez seja algo altruista, porém extremamente necessário.



Não querer para o próximo aquilo que viveu e não querer se tornar uma pessoa a qual se abomina talvez seja o primeiro passo firme que Syd segue, aquele famosos ditado "não faça ao outro, aquilo que não deseja pra si mesmo", mas quem disse que é fácil ou que somos totalmente capaz de comandar nossas ações? Até porque não depende apenas de nós para que algo aconteça ou deixe de acontecer.


O livro narra essa luta diária travada por Syd e Rigde contra o que estão sentindo. Como sobrevive. convivem e encontram uma solução para toda essa confusão.


Maybe Someday é um livro intenso apesar de ter um enredo simples fácil e cativante. Tem tudo o que um romance contemporâneo precisa.



Eu simplesmente não sei descrever tudo o que senti nas minhas aproximadas 24hrs de leiruras, Collen superou todas as minhas expectativas nessa obra singela e pura, que fala do amor de um forma descontraidamente jovem.


E o final não poderia ser mais lindo, perfeito,; do tipo que você gostaria de arrastar para fora dos livros e acreditar que é possível crer na empatia das pessoas. Ah! como não se bastasse rasgar meu coração ao meio, Collen nos presenteia com uma playlist de tirar o fôlego. Vou deixar o vídeo e música que dão nome ao livro e embaixo a lista completa!



Playlist MAYBE SOMEDAY!

Beijos, Bru
=)

7 comentários:

  1. Olá!!
    Muitos julgam esse livro como o melhor da CH, e eu particularmente ainda não li! Adorei o enredo dele e realmente, fica complicado quando estamos do outro lado da história. Estou ansiosa para saber como isso vai desenrolar!!
    Adorei a resenha.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  2. Não sabia sobre dizerem ser o melhor da Collen, mas realmente ele é incrível, nunca tinha lido algo tão intenso de dar desespero, de sentir na pele tudo o que os personagens estão vivendo. Leia amiga! Obrigada pelo carinho!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bruna! Tudo bem?
    Da autora eu só li "Um Caso Perdido" que já foi O Livro! haha
    Sobre "Talvez Um Dia" eu sempre vejo comentários positivos, principalmente pela relação entre os personagens e a pegada musical. Ansiosa para ler!
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. OLá, Bru!
    Colleen é muito rainha, né? haha Eu estou muito empolgada a respeito deste livro e espero não me decepcionar! Uau ser considerado o melhor do ano não é para qualquer um! Amei!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  5. Bru, sua resenha está perfeita e explica bem o livro. Essa foi uma das melhores leituras do ano, perdeu apenas para Raio de Sol. Colleen se superou em Talvez um Dia.


    Beijos

    Lili - http://meninasnaliteratura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Hoover é incrível. <3
    Tô com esse livro aqui, esperando para ser lido.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  7. Sou louca para ler os livros d Hoover, especialmente depois de ler suas resenhas. Esse livro parece ser ótimo.
    Adorei a resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...