quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Meu - Série Ripped 2

Título: Meu
Gênero: New Adult
Contém Spoilers do Livro 1:  Real - resenha AQUI!


Título Original: Mine
Editora: Novo Século
Autor: Katy  Evans
Sinopse: Agora, com a distância e a escuridão entre eles, a única coisa que resta para Brooke é lutar pelo amor do homem que ela chama de “meu”. Na série best-seller REAL, o irrefreável lutador bad boy Remington Tate finalmente encontrou a maior razão pela qual lutar em sua vida, Brooke Dumas. Contratada para mantê-lo em perfeitas condições físicas, a jovem fisioterapeuta conseguiu desencadear um desejo primitivo tão vital em Remington quanto o ar que ele respira... “Remy” simplesmente já não pode viver sem ela. Brooke jamais imaginou que iria se apaixonar tão perdidamente por um homem, e mais, nunca sonhou que ele seria nada menos que a fonte de desejo de toda mulher. Quando tudo parecia caminhar para uma felicidade genuína, Brooke acaba sendo arrancada para longe dos arredores do ringue. Uma perigosa ameaça está à espreita, pronta para derrotar o “Arrebentador” e arrasar tudo em seu caminho no momento em que eles mais precisam um do outro. Mas será que uma última revelação surpreendente conseguirá mudar para sempre o destino desse intenso amor?


E lá vamos nós nessa catapulta de emoção que nosso bipolar Tate joga não só a mocinha, mas sua equipe toda. Não vou entrar em detalhes e termos técnicos para a psicopatologia do moço, muito menos seus métodos de tratamento, fiquei tentada a isso na resenha de Real que fiz AQUI, mas realmente não vale a pena.
Brooke continua narrando o romance mexicano digno de gravidez inesperada, irmã autodestrutiva, namorado maníco e um inimigo capaz de qualquer coisa para a tingir seu adversário. E isso NÃO É SPOILER, pois já temos tudo isso no livro 1 da série.



Confesso que me cansei em alguns momentos do casal, achei que o psicodiagnóstico dele fosse ser melhor desenvolvido nessa continuação e tratado com mais cuidado, não apenas um elemento da trama, mas meu coração esperançoso não foi recompensado. Achei que foi inserido muitos conflitos e que foram resolvidos assim Puft, quase que em passe de mágica.


Pra mim não rolou, estou acostumada ao gênero e esperei um desenvolvimento mais trabalhado. E pra o mim, é o fim, pronto a série acabaria fácil ali, e realmente não sei o que esperar da sequência: Remy -  mas como boa curiosa que sou, vou ler, mesmo porque não gastarei nada além do meu tempo kkkk #ToMaldosaHoje.

Quem já leu, o que achou?

Super Beijo, Bru
=)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...