segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Resenha: Tensão - Livro 1

Título: Tensão - Livro 1
Gênero: New Adult








Título Original:
Autor: Gail McHugh
Editora: Arqueiro
Sinopse: Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos.
Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela.
Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências?

O livro é narrado por Emily, que se diz loucamente apaixonada por seu namorado. No entanto sua relação com ele não parece regada á paixão. A relação parece muito mais uma dependência afetiva da mocinha, que já sofreu com muitas perdas e está imensamente grata por ter um namorado tão bom.

Diferente desse sentimento de gratidão, Gavin (tipico rico, que pega todas e justifica-se em uma desilusão amorosa) desperta algo muito mais intenso em Emily, coisa que ela não se lembra sentir pelo namorado. No entanto empurrando esse sentimento pro fundo de sua existencia, ela não abre mão da segurança, admiração e gratidão que sente por Dillon.

Mas talvez toda essa admiração que tem pelo namorado pode não passar de simples e pura manipulação da parte dele. O pior é que ela é completamente dependente emocional dessa relação e acredita em qualquer e toda argumentação barata.  Além de Dillon ser abusivo, fazendo jogos de manipulação com ela.

Bom, por fim o livro é cansativo, cheio de mais do mesmo, dramas que te fazem revirar os olhos de tão banais. Não foi minha maior decepção literária do gênero, mas não fica muito atrás. A premissa é boa, mas se perde na construção dos personagem e no enredo. Não pretendo continuar a série. Quem me conhece sabe o quanto não gosto de fazer críticas negativas de livros, que procuro ponderar tudo, mas realmente existem livros que tem tudo pra ser bom, mas se perde usando elementos muito comuns de maneira desenfreada.

Quem já leu esse livro, o que achou?

Beijos, Bru
=)


Um comentário:

  1. Olá!
    Eu ameiii esse livro, mas ainda não dei continuidade nos outros volumes.
    Achei a história bem divertida <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...