terça-feira, 22 de novembro de 2016

Resenha: Corte de Espinhos e Rosas/ Sarah J. Maas


RESENHA:

O livro é uma versão de A Bela e a Fera - é narrado por Feyre, uma versão rústica da Bela, que fica no pelotão de frene em uma batalha, guerreira por necessidade, ela é a filha mais nova de três irmãs e um pai delibitado e falido, que passa os dias lamentando o que perdeu. Por se a mais nova, não teve a mesmas oportunidades que suas irmã em desenvolver os requisitos necessários para se comportar como uma dama, então o serviço braçal ficou pra ela. Mulher macho sim senhor!
Tamlin e nossa fera, amaldiçoes, ferida, com o peso de um reino em suas costas e uma desgraça iminente. Cheio de segredos e meias palavras; Entre fazer o certo e o necessário, ele se envolve com uma mortal sem papas na língua, cheia de marra, com um coração cheio de rancor e ódio, além de um desejo íntimo de ser cuidada e protegida.

Assim como no clássico uma maldição atinge não apenas nossa fera como também todo seu reino. Porém essa ameaça pode escapar das muralhas que separa o reino imortal do mortal, e se alastras por toda Terra.. Mais frágil do que os humanos possam imaginar, as muralhas não têm impedido sequer o ataque das criaturas Feéricas no reino humano.
Para complicar ainda mais Feyre acaba cometendo um uma falha, um erro grave e para sobreviver e proteger sua família, ela pagará a dívida com sua própria liberdade, indo com Tamlin, morar na Corte Primaveril - um palácio digno de contos de fada, com um jardim encanador, criaturas encantadas e uma biblioteca magnífica (o sonho de consumo de todo Blogger literário) e isso seria perfeito se Feyre tivesse todas as habilidades acadêmicas da nossa tradicional bela.
Determinada a não viver pra sempre ali, ela saí em busca de toda e qualquer ajuda, se mete em grandes perigos, mas também cria novas amizades. Com o passar dos dias, Feyre já não tem tanta certeza se quer ir embora, muito mais que isso, os laços com Tamlin se tornam cada vez mais forte, porém a ameaça que paira sobre o reino volta á atacar, e dessa vez nem Tamlin poderá salva-lá, pois quem detém a cura para todo mal pode ser ela mesmo, mas seus sentidos podem lhe trair.
Eu devorei o livro, simplesmente amei! Achei a mistura distopia, fantasia e reconto simplesmente perfeito. Os personagens são incríveis, os diálogos misteriosos, quase que como uma charada, meticulosamente articulados e desenvolvidos.





Quem já leu? Me contem o que acharam please!!! 👸🏻🦁


Conteúdo exclusivo e em primeira mão? Siga nosso instagram @naoemprestolivros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...