sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Resenha: Senhorita Aurora/ Babi A. Sette


“Olha o meu coração, seu idiota. Olha o que você fez. Olha para mim e me enxergue de verdade"


Nicole é uma brasileira que desde que sempre vive e respira ballet; com muita dedicação e depois de transpor algumas barreiras ela alcança o sonho de entrar para o ballet de Londres. E após três anos tem a chance de alcançar o ápice de sua carreira dando vida a personagem principal.Mas como a vida nunca foi fácil, a moça vai ter que encarar o "de mal com o mundo" feat. "Ranzinza ever" Hunter, o mais jovem maestro aclamado por todo mundo, que pela primeira vez resolve da o ar da graça em um ballet. Durante os ensaios ele não poupa críticas ao elenco, mas Nicole parece ser o alvo maior. Porém a determinação, ousadia e curiosidade da moça a faz conhecer um Hunter mais humano. E movida por essa curiosidade, ela resolve ir atras da fera em seu covil.
Depois de desvendar o segredo mais obscuro de Hunter, Nicole faz a escolha mais madura com base em todas as probabilidades. Contudo um acidente por lhe tirar seu maior sonhos, logo agora, bem nesse momento e ninguém poderá ajudá-la. Mas recomeços são possíveis, porém precisam ser queridos.
Li esse livro em uma madrugada - ele tem humor, drama, romance e uma pitada de A Bela e a Fera. A autora aborda um tema super polêmico ignorado pela sociedade que finge não haver preconceito, o que é uma grande mentira. Meu coração ficou apertado quando o mesmo foi abordado, tentei me colocar no lugar de ambos os personagens e simplesmente fiquei angustiada, sentindo toda dor escrita ali, pensei em como muitas pessoas passam por aquilo e não tem a mesma sorte de encontrar sequer uma "Nicole" em sua vida. Os personagem são construídos maravilhosamente; Hunter tem a alma de um artista misterioso a ser desvendado, amei até as grosserias dele. Já Nicole, tive uma desavença com ela mas pro final do livro, quis dar um puxão de orelha nela, não conseguia compreender onde tinha ido parar aquela mulher madura e determinada, claro que o chão dela foi tirado, só perdoei pelo desfecho de tudo. Babi deu um fechamento cheio de esperança e compaixão, um show de empatia. Esse é um livro que transforma. Preciso dele físico na minha estante ❤️😍!


Conteúdo exclusivo e em primeira mão? Siga nosso instagram @naoemprestolivros!
Beijos, Bru
=)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...