segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Resenha - Origem/ Dan Brown

“Às vezes só é preciso mudar a perspectiva para enxergar a verdade de outra pessoa.”
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀



Uma rede de conspirações magistralmente arquitetada que te envolve e instiga até os acontecimentos que antecederam ao ponto alto do livro. Ao mesmo tempo te mantendo em expectativa para as grandes revelações.
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Estive a leitura toda ansiando por saber da descoberta de Edmond - pelo choque e ceticismo que despertaria.
Mas também ansiava em saber como os eventos seriam desenrolados e desvendados.
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
E no auge da adrenalina, a trama desacelera e começa a se desenrolar. Os fatos vão sendo entrelaçados, as pontas soltas amarradas (algumas ficaram soltas pra mim) e a
descoberta exposta de maneira simples, objetiva, clara e coerente. Achei o tema envolvente e instigante e gostei muito do último diálogo entre Beña e Langdon - a minha verdade. ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Meu primeiro contato com Dan Brown foi boa. Fiquei encantada pela riqueza na contextualização histórica, social, artística e cultural. Além de uma escrita impecável.
Mas confesso que esperava mais da grande descoberta. Achei “ok, próxima leitura”. ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Como nunca havia lido nada do autor, essa é uma constante dele, gente? ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀
Quem leu outros e esse o que achou, a nível de comparação?
⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀
Beijos 💙🔍

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...